Roteiro de Estudos

Excursões e Visitas Orientadas

Roteiros: Histórico, Ambiental, Ações Educacionais e Lazer.

A Educação Patrimonial é um processo focado no Patrimônio Cultural como fonte de estudo, de conhecimento e de enriquecimento individual e coletivo.
O trabalho da Preservação Patrimonial possibilita as crianças e os adultos a um processo de conhecimento crítico, apropriação consciente e conseqüente valorização de sua herança cultural, o que possibilitará o fortalecimento dos sentimentos de identidade e cidadania.
A equipe de monitores do museu procura dar sentido ao acervo trabalhado, como também gerar questionamentos que levem os alunos a se entenderem dentro de um contexto histórico. Portanto, adotamos a metodologia dialógica para explorar os objetos e espaços do Museu e entender o que eles significam.

Público alvo: Alunos do Ensino Fundamental, Médio e Superior, Visitas familiares, Melhor idade.

Roteiro Especial para crianças até 6 anos: passeios de trenzinho, charrete, pôneis, criação de carneiros e produções agropecuárias.

Missão: Despertar a percepção, a análise e a comparação dos objetos expostos, levando à compreensão dos aspectos sociais, políticos, econômicos, históricos e tecnológicos da sociedade brasileira no século XIX.

Duração: 2hs30 visita sem almoço. Opções de passeios com lanches, almoço e diversos roteiros.

Orientações:
A preparação prévia dos alunos em sala de aula deverá despertar a sua curiosidade a respeito do que eles irão ver. A visita irá refletir sobre a importância dos museus e a preservação do nosso patrimônio.
A visitação ao Museu é um processo de interação e aprendizagem que envolve a participação de todos, monitores, professores e alunos. Procure comparar entre o contexto sócio-econômico-político do século XIX e os dias atuais.

Descrição:

1. OBJETIVO: A IMPORTÂNCIA DO CAFÉ PARA O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL

• No século XVIII, nosso país conheceu um produto que iria transformar nossa sociedade: o Café.
• Por volta de 1820 as fazendas de café se espalhavam próximas ao vale do Paraíba do Sul, na província do Rio de Janeiro e o Brasil já era o maior exportador de café do mundo. A cultura do café trouxe um grande crescimento econômico.
A cultura do café se deslocou depois para o Estado de São Paulo alterando a paisagem, pois junto vieram novas cidades e as estradas de ferro para transportar o café para o porto de Santos.
Belíssimas residências forma construídas nas fazendas e nas grandes capitais com o dinheiro do café.

2. OBJETIVO: GEOGRAFIA e HISTÓRIA

• Estudar a localização, o escoamento dos produtos
• Observar na paisagem aspectos que mostrem o passado, no século XIX e parte do século XX, quando o café era a base da economia paulista.
• Compreender a importância da fazenda na época para a região e para o país.
• Observar e compreender a relação da fazenda com a mão-de-obra escrava

3. OBJETIVO: CIÊNCIAS

• Descrever a planta de café, altura, folha, fruto, polinização.
• Observar e descrever o solo, o terreno (plano / inclinando).
• Qual é o tempo de vida da planta.
• Quais são os problemas que a planta enfrenta (doenças).
• Observar o processo de lavagem, secagem e armazenamento do café.

4. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS COM ALUNOS

Orientar os alunos sobre o que observar e como observar:
• Fotografar para registrar os estudos e as informações coletadas.
• Observar a arquitetura do grande sobrado, para comparar com fotos ou outras fazendas de café. Perceber os detalhes de sua construção, comprovando o luxo que a riqueza do café proporcionou nesta fazenda.
• Observar O lavador, terreiro e tulhas de café, a senzala, que depois foi transformada em moradia para os imigrantes. Na Estação de Monjolinho, observar onde passava o trem; No “museu vivo” onde estão os acervos, objetos e móveis os alunos vivenciaram a cultura desta época.
• Analisar a paisagem natural e a interferência do homem na sua transformação.
• Pesquisar quais são as atividades produtivas atualmente da fazenda.

6. DESCRIÇÃO DO MEIO AMBIENTE

• Observar as florestas, preservação da fauna e flora no impacto turístico
. Observar a recuperação da mata Atlântica
• Observar as nascentes, preservação, qualidade da água e sua utilização.

Vera Regina Zavaglia Malta Campos
Coordenadora do Projeto Cultural

IMPORTANTE

É necessário que sua visita seja agendada com antecedência. É importante chegar na hora marcada e cumprir o compromisso assumido, sem prejudicar a próxima agenda.

As instituições devem fazer o agendamento prévio através de contato telefônico ou eletrônico.

Quaisquer informações extraordinárias a respeito das opções de programação estamos a disposição. Pacote Especial para Grupos.